Já pensou nisso: você lê um artigo como este, se interessa pelo conteúdo, e daqui a pouco não se lembra de mais nada. Participa de um treinamento superbacana, sai de lá com várias ideias, mas fica só nisso e não consolida o aprendizado.

Já se perguntou por quê?

 

A maior preocupação de quem é responsável por transmitir conhecimentos é garantir que o outro lado absorveu a totalidade das informações. Esse é um esforço quase inútil, porque exige atitude dos dois lados. Vivo essa ansiedade a cada treinamento que aplico porque quero que meus participantes mudem suas vidas profissionais e pessoais através de meus conteúdos. Quase sempre consigo, porque tento me aperfeiçoar a cada treinamento, sentir o meu público e sua expectativa ou necessidades. Costumo, com certa frequência, alterar toda a programação durante a execução do treinamento só para direcionar o conteúdo conforme o que os participantes demandam. É um barato.

 

Pensando nisso, criei este artigo para despertar as pessoas sobre o processo de aprendizado. Esclarecer que aprender não é sair do treinamento e guardar a apostila na segunda gaveta, perto do telefone que tudo acontecerá como num passe de mágica. O processo é árduo e depende do esforço de quem quer aprender. Bom a receita está aqui embaixo, agora é contigo.

 

O PRIMEIRO IMPACTO

Este é o início do processo de aprendizado e absorção do conhecimento. Você toma contato com a informação que, dependendo do conteúdo, desperta sua atenção e interesse.

Exemplo: participar de um treinamento, através da leitura de um livro ou uma revista, viver uma experiência que lhe impacte.

 

A COMPREENSÃO DO CONTEÚDO

Para que a informação se transforme em conhecimento é necessário que ela seja incluída no seu mapa mental e dentro do seu dia-a-dia. Nesta etapa você passa pelo processo de compreensão do conteúdo, entender o que essa informação significa, sua importância para a sua vida e onde você poderá usá-la.

Exemplo: reler a apostila ou e-book ou livro fornecido no treinamento, aprofundar o seu entendimento através da releitura e fortalecimento da informação. Isso ajudará a reforçar as ideias principais e mais importantes em sua mente.

 

A ARMADILHA

Nesta etapa você já absorveu o conhecimento, mas ainda não o colocou em prática. Aqui há uma armadilha: se você não exercita esse conhecimento ele tenderá a ser esquecido e ficar no plano das ideias, você perderá toda a informação com o tempo.

Exemplo: você faz um treinamento e sai da sala confiante de que aprendeu, mas, ao voltar para o seu dia-a-dia, devido ao hábito já enraizado, repete o mesmo comportamento de antes sem incluir o novo conhecimento em sua rotina. Deixa então de criar uma nova rotina.

 

TESTANDO O CONHECIMENTO

Para que você possa transformar o conhecimento em hábito e absorvê-lo a fim de criar uma nova rotina, é preciso então que você exercite, coloque em teste, faça simulações onde você utilize os novos conceitos adquiridos.

Exemplo: Na venda por telefone, ao aprender por exemplo as técnicas de contorno de objeções, é fundamental que as pratique, inserindo as técnicas ensinadas em suas ligações.

 

OU VAI OU RACHA

Nessa etapa, então, a ideia é que tenhamos praticado bastante, cometido vários erros e definindo aqueles conteúdos, exemplos, abordagens, argumentos que mais funcionam para nós no dia-a-dia. Importante entender que ninguém chega à excelência sem ter errado bastante, testar e errar de novo. Achar caminhos e soluções novas faz parte do processo de aprendizado e aperfeiçoamento. Não queira pular esta etapa.

Nesta etapa você percebe mudanças emocionais e psicológicas importantes: segurança na abordagem e condução da conversa, ritmo menos ansioso, entonação de voz mais equilibrada, elevação da autoestima e da confiança. Aposto contigo.

VIRANDO HÁBITO

E fecha-se o ciclo, você, ao chegar até aqui transformou a informação em competência, absorveu o conteúdo e transformou-o em seu aprendizado, colocou do seu jeito, deu a sua cara, pintou com suas próprias cores.

Consolidado o aprendizado, você se aperfeiçoou e adicionou mais uma qualidade em seu currículo, melhor que isso, em sua experiência, você evoluiu mais uma vez.

E dominando o conhecimento, você o torna um hábito, agora, você já faz sua nova rotina com o pé nas costas e já atinge melhores resultados, aumenta suas comissões e desponta entre a concorrência e os outros competidores.

Sensação boa essa né?

Próximo passo: comece a aprender de novo, coloque-se perante a vida como quem está só começando. Te juro que tudo ficará mais divertido.

Sucesso.

A Contato Efetivo não se responsabiliza por comentários aqui concedidos.